Pastor que abusava sexualmente da enteada em Parauapebas, é preso

O investigador também lembrou que Odair era uma pessoa bem quista na Igreja, responsável por orações no monte e por pregações em semanas especiais.

Odair Santos Viana, que era visto como um homem de Deus por muitos fieis da Igreja que ele era pastor, na verdade não passava de um maníaco sexual que abusava sexualmente da própria enteada de apenas 11 anos de idade. Ele foi preso ontem (21) em Belém, por meio de uma informação de um informante repassada a polícia.

De acordo o investigador Marcos da Polícia Civil, no dia 03 de outubro a polícia recebeu a informação de que Odair Santos havia abusado sexualmente da enteada, inclusive com requintes de crueldade, amarrando-a e cometendo diversos atos libidinosos. “A delegada Ana Carolina representou um pedido de mandado de prisão contra ele à justiça, que foi acatado. Ontem, conseguimos cumprir o mesmo com apoio da polícia de Belém. Ele estava no Hospital Gaspar Viana”, disse o policial.

O investigador também lembrou que Odair era uma pessoa bem quista na Igreja, responsável por orações no monte e por pregações em semanas especiais.

Por fim, ele pediu a cooperação da população para que mais crimes dessa forma não fiquem impunes. “É um crime covarde, ele geralmente trai a confiança dos familiares do menor. Importante ressaltar que o abuso sexual não é só cometido com a penetração, mas atos libidinosos como masturbação, sexo oral, toques, carícias. Tudo isso é considerado estupro de vulnerável, quando é cometido a crianças com menos de 14 anos. Confie no seu filho, escute o que ele tem para te dizer e se permita vir à Delegacia e que o acusado seja investigado”.

Fonte: Portal Papo Carajás

Banner 5

Deixe Um Comentário